Afinal o que é preciso para escrever canções de amor?

Ontem estava eu a ver o concerto dos snow patrol no rock in bela vista, pela tv, quando dei por mim a pensar: “Chiça! O gaijo que escreve estas letras das duas, uma, ou é um romântico de primeira ou então tem uma lábia daquelas … seja como for, convencia-me”.

Mas, o que me custa encaixar é o facto de saber que muitas músicas com temas amorosos podem ser escritas por um tipo que nem se quer está apaixonado, não sabe o que é amar ou até mesmo nunca tocou numa mulher.

Serei só eu que só consigo expressar o que é sentido? Quando estou apaixonada e vejo os passarinhos verdes, juro que nunca me deu para escrever canções, mas já escrevi cartas e juro que cada palavra é sentida (algumas de fazer as pedras da calçada chorar e dizer awwwww … cof cof, sou uma lamechas).

Não consigo transcrever um sentimento que não seja sentido e estes marmanjos dizem coisas que por vezes damos por nós a pensar “caraças esta musica parece que foi escrita por/para mim”.

5 comentários:

Nervos em frangalhos disse...

Bem visto. Convém reparar que as grandes músicas de amor são escritas por malta com pénis. Daí não precisarem de estar apaixonados. São dados à aldrabice. Nascem com um reservatório cheio de paleio de saco...Cá no porto é assim que se chama à lábia!

Abelha Charlatona disse...

Eu tambem estive lá :D

oh mas não vi nenhuma suricat ahah

divestiste-te?

é verdade, bem hoje estas um pouco séria xD

****

marie disse...

Pois é pois é... estes gajps são uns gandas malucos... Das músicas mais romanticas que andam aí e que quase me fizeram chorar foi a The man who can't be moved dos the script, e provavelmente o gajo que a escreveu nem tava virado para essas coisas... Concordo plenamente com a nervos em franja! É que é isso mesmo!

S* disse...

Queria eu que me escrevessem uma coisa assim. snif snif

Sissi disse...

Definitivamente há músicas que parecem escritas para nós... Indepedentemente de terem sido escritas com ou sem sentimento, sabe muito bem ouvir... :))